• Junior Valverde

OS 5 PRINCIPAIS PILARES DA INOVAÇÃO DENTRO DA EMPRESA!

Atualizado: 20 de jan. de 2021

As coisas estão mudando tão rápido hoje em dia que as grandes organizações precisam aprender a aproveitar a energia empreendedora em suas camadas. E eles não podem apenas prestar serviços de boca em boca (falam que inovam da boca pra fora), mas seguir em frente para garantir que aqueles que têm novas idéias sejam apoiados na jornada.


"Meu objetivo com a SevenJoin é proporcionar as grandes empresas um alinhamento cultural, dinâmico, prático e eficiente para tornar e transformar o ecossistema da empresa em um ambiente mais "atrevido" a erros e tentativas, pois o sucesso, é gerado por uma série de erros contínuos que não foram deixado de lados, mas sim, aperfeiçoados, até o momento que conecte com os interesses estratégicos e macro econômicos das grandes corporações". Nos últimos anos, venho acompanhando a saga das famosas "aceleradoras". Grandes empresas apostam em produtos e serviços de pequenas Startups para complementar sua inovação interna. Tal feito é de extrema importância, contudo, poucos são os negócios que conseguem plugar e adentrar as burocracias e gestão congeladas dessas grandes companhias. Para que tenhamos mais efetividade no processo de inovação, trabalhamos o intraempreendedorismo, a inovação de dentro para fora e não de fora para dentro. O objetivo, é transformar e criar uma cultura empreendedora nos próprios colaboradores da companhia. Nos últimos anos, a busca pelo protagonismo, diante tantas mudanças e oportunidades do mercado, está cada vez mais difícil, a contratação de novos talentos e a retenção de mão de obra qualificada. O pergunta é, porque não transformar a busca pelo protagonismo, a necessidade pela inovação constante das grande companhias em uma arma propulsora de novos talentos, utilizando os recursos e estruturas que a própria companhia possui.

Para que isso seja possível, coloco a baixo os 5 pilares necessários para se criar um ambiente propício para inovar!

1. Criatividade

“Buscamos criatividade. Essa é uma das coisas mais importantes. Você permite criatividade? Você promove a criatividade e permite que a criatividade surja?

2. Mentalidade

“A grande coisa que olho para o espírito intraempreendedor é: qual é a mentalidade? Não apenas da equipe executiva corporativa, mas das pessoas que estão apresentando e das pessoas que estão apresentando as idéias, porque a mentalidade é realmente uma das partes mais importantes. A mentalidade é a coisa mais importante em qualquer negócio: a mentalidade dos proprietários, a mentalidade da equipe executiva, a mentalidade da equipe gerencial. A mentalidade que você promove é muito, muito importante. Você prende as pessoas e não permite que elas pensem fora da caixa, ou permite que elas pensem fora da caixa através de idéias realmente criativas. ”

3. Cultura

“A cultura corporativa é realmente importante. Falo e treino muito na cultura corporativa. Como é sua cultura? Sua cultura permite que as pessoas apresentem idéias. A idéia do tanque é realmente permitir que as pessoas cheguem em grupos de 10 e apresentem suas idéias. A maior coisa, no entanto, é qual é a sua cultura depois disso. ”

 Você está disposto a investir nessas idéias e levá-las adiante. Ou, essas idéias são algo que entra e nunca é posto em prática.

4. Risco

“Você está disposto a investir nessas idéias e levá-las adiante. Ou, essas idéias são algo que entra e nunca é posto em prática ... Você não bebe champanhe a menos que corra riscos. O importante é olhar dentro da sua organização e dentro da sua própria estrutura corporativa e perguntar: Que risco você está preparado para correr? Você está preparado para investir em algumas dessas grandes idéias apresentadas pelas pessoas, porque adivinhem, algumas delas não serão um sucesso. "

5. Confiança

“Desde que você aprenda e fracasse, você eventualmente terá uma ideia que vale uma fortuna para a sua empresa, que alguém inventa e, em vez de empurrar essas idéias para baixo, pode permitir que todas as idéias continuem. para propagar e criar um ambiente em que você esteja preparado para correr riscos e se torne uma equipe corporativa confiável, que as pessoas que apresentam essas idéias dizem: 'Confio que minha ideia será examinada'.

Você está preparado para assumir o risco e depois confiar que alguns deles podem dar certo e outros podem não dar certo? Nem toda ideia que surgir será uma estrela do rock. Mas, pelo menos, você tem ideias surgindo porque, dentro dos seus negócios, há pessoas esperando por você para perguntar quais idéias eles têm. De fato, algumas pessoas em determinadas áreas da sua empresa têm algumas das melhores idéias, mas não permitimos que elas se propaguem e realmente saiam. ”

52 visualizações0 comentário