• Junior Valverde

DESCUBRA AGORA COMO SUA EMPRESA PODE AVALIAR O SUCESSO DA INOVAÇÃO



A inovação pode ser difícil de julgar, mas uma estrutura estratégica pode te ajudar a avaliar o progresso dela na sua companhia. Descubra 3 etapas infalíveis e como aplicá-las.


Avaliar a inovação não é uma ciência exata. Sua natureza exploratória torna difícil para os executivos julgarem o sucesso, muitas vezes porque não há uma linha de visão clara entre o investimento e o resultado.


“Embora os primeiros indicadores sejam frequentemente 'fracos', como o moral da equipe - ou muito simples, como o número de ideias geradas - eles também vêm com grande incerteza em sua capacidade de prever o sucesso comercial final”, afirma Peter Skyttegaard, diretor-analista sênior da consultoria norte-americana Gartner.


“Na verdade, esse é frequentemente o objetivo do esforço de inovação: remover grande parte da incerteza sobre a viabilidade e viabilidade das ideias.”


Para avaliar melhor o valor comercial da inovação, os líderes executivos devem selecionar uma combinação de medidas de entrada, processo e saída enquanto o programa de inovação está sendo realizado.


Medidas iniciais ajudarão a determinar se o programa está no caminho certo, pois medem a atividade e o progresso. As medidas de resultado vão comprovar o valor do negócio, mas só serão observadas mais tarde.


Confira abaixo três etapas cruciais para mensurar os processos de inovação na sua empresa:


Etapa 1: Entradas de Inovação


Nesta categoria, dados tangíveis e objetivos, como funcionários designados e financiamento, são medidos. No entanto, eles não podem ser independentes.


As grandes organizações muitas vezes matam a inovação inconscientemente simplesmente porque o comportamento padrão é realizar os negócios normalmente.


É igualmente importante monitorar medidas mais suaves e subjetivas, como uma cultura que abraça a inovação também.


Perguntas como "Quão seguro é tentar algo novo?" ou “Quanto espaço criativo são dados aos indivíduos?” pode ser medido em uma escala de 1 a 10 pontos.


Etapa 2: Processo de Inovação


A saúde do processo de inovação é medida junto com a produtividade da equipe.


As métricas do processo de inovação são um indicador importante dos resultados da inovação.


Eles levam em consideração o número de ideias, o tempo necessário para que as ideias sejam processadas e o número de inovações que resultaram em melhorias nos últimos 12 meses.


Etapa 3: Resultados de Inovação


A medida mais importante é a qualidade da própria inovação. É, no entanto, um indicador de atraso e muitas vezes pode levar anos para correlacionar o projeto de inovação, sua implantação e seu benefício final para a empresa.


Os critérios de medição incluem o nível de sucesso da inovação entregue após três anos.


Se isso não for possível, uma análise quantitativa deve ser feita, como o número de pessoas que adotaram a inovação, benefícios financeiros ou a obtenção de eficiências operacionais.


Também é importante incluir métricas que medem o que foi aprendido com as falhas.


Muitas vezes, um resultado com falha aponta para um indicador importante, como governança, equipe, cultura ou processo, e fornece uma visão sobre o que pode ser mudado da próxima vez.


“Antes de iniciar o processo, seja claro o motivo da inovação, como a organização saberá que inovou e o que será feito para mudar como resultado do que foi medido”, diz Skyttegaard.


Ao mesmo tempo, também “esteja preparado para misturar números objetivos com medidas subjetivas, incluindo sentimento e moral”, conclui o executivo da Gartner.


Tags: #SevenJoin #Inovação #Ideias #NovosNegócios #Empreendedorismo #TireSuaIdeiaDoPapel #Consultoria #ConsultoriaDeInovação #Intraempreendedorismo #Business #Tecnologia #MetodolodiasAgeis #GestãoEficaz #CasesDeSucesso #CrowSourcing

2 visualizações0 comentário