• Junior Valverde

SAIBA COMO DEFINIR O MELHOR NOME PARA SUA MARCA E NEGÓCIO

Atualizado: 25 de jan. de 2021


Criar o nome de uma empresa é uma etapa crítica ao iniciar um negócio. Trata-se do momento em que você definirá uma identidade que não apenas construirá um relacionamento com seus clientes, como também será reflexo da sua marca. Esse processo é crucial para ajudá-lo a se destacar no futuro.


Determinar a logomarca e o nome de uma empresa pode ser uma verdadeira “obra de arte”, pois além da criatividade devemos ainda levar em consideração as limitações práticas, tal como a disponibilidade do domínio ou da marca comercial. Em muitos casos, você pode não acabar com o nome exato que inicialmente imaginou para o seu negócio.

Para te ajudar nesta etapa, listamos abaixo alguns conselhos para que você tenha sucesso na sua conquista:


1º Passo: Determine o tipo de nome que você deseja


Muitas empresas escolhem um nome que comunica instantaneamente o que a empresa faz. O TripAdvisor, por exemplo, expressa que você pode obter conselhos sobre viagens. No entanto, não é fácil encontrar nomes que ainda não tenham sido escolhidos, e os que estão disponíveis podem custar muito caro.


Como alternativa, você pode escolher um nome que represente um valor na qual sua empresa acredita ou uma ideia que ressoe com seu público. Veja o exemplo da empresa automotiva e de armazenamento de energia norte-americana Tesla, que homenageia Nikola Tesla - que ajudou a projetar o moderno sistema de alimentação elétrica CA. O nome representa um mundo movido a energia elétrica.


Do outro lado do espectro estão nomes que são cativantes, mas não têm significados óbvios, como Google ou Yahoo.


Ao pensar na sua futura marca, é importante que o nome da empresa tenha um significado? Se for, faça disso uma consideração-chave no seu processo de criação. Caso contrário, você terá mais opções, mas também poderá tornar sua escolha ainda mais desafiadora.


2º Passo: Conheça a fundo seu negócio


É importante entender o que sua marca representa. Escreva o que sua empresa fará, por que existe e como funcionará. Pode parecer básico, mas você começará a entender a personalidade por trás da sua companhia.


Pensar no nome de uma empresa sem uma visão clara do que você deseja que ela represente não levará você a lugar nenhum. A realização deste exercício te fornecerá muitas palavras, ideias, conceitos e até mesmo sentimentos que o ajudarão a criar um leque de nomes para o seu negócio.


3º Passo: Liste suas opções e escute opiniões


Converse com colegas, conselheiros e até mesmo com sua equipe. Apresente suas sugestões de nomes e também escute as sugestões das demais pessoas. Reúna tudo e trabalhe em conjunto para definir o perfil de sua empresa.


Assim que tiver a versão final, você já terá algumas ideias em mãos. Você poderá considerar diversas opções de nomes ou restringir entre as melhores.


A ideia até esse momento é que os nomes preferidos melhor definam o que a empresa faz ou que simbolizem a área de atuação, produtos ou missão da companhia. Após este processo, liste as opções finais em uma planilha de Excel.


4º Passo: Verifique domínios, marcas registradas e nomes semelhantes


Depois de finalizar a lista, você precisará verificar quais domínios estão disponíveis, se os nomes já são marcas registradas e se alguém em seu setor já os possui.


Provavelmente você desejará um domínio com a terminação .com.br, mas pode ser difícil encontrá-lo disponível. Neste caso, tente também a opção .com. Se o nome de domínio que você deseja já estiver sendo usado, você ainda pode optar por terminações semelhantes, como .io, .net, .tech, entre outras opções.


Na sequência, você precisará verificar se há marcas registradas antes mesmo de abrir a companhia em cartório. Essa averiguação pode ser realizada no site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).


Por último, faça uma pesquisa no Google para verificar se outras empresas que atuam no seu setor têm nomes iguais ou semelhantes ao escolhido por você e sua equipe.


5º Passo: Momento de definição


Caso o nome reflita a imagem da empresa, o domínio esteja disponível e não há concorrentes no setor, inclusive com marcas registradas, está tudo pronto para dar início ao processo de nomeação da sua companhia.


Importante: vale também averiguar se o nome definido também está disponível em diferentes redes sociais, como Twitter, Facebook, Instagram, YouTube, LinkedIn, entre outras. É sempre recomendável que o mesmo nome esteja disponível em todas as mídias citadas acima. Por isso a importância da criatividade.


Não é recomendável que empresas utilizem nomes diferentes em cada rede social. Um nome único e padrão ajuda a localizar a companhia na busca de pesquisa com mais facilidade.


Tags: #SevenJoin #Inovação #Ideias #NovosNegócios #Empreendedorismo #TireSuaIdeiaDoPapel #Consultoria #ConsultoriaDeInovação #Intraempreendedorismo #Business #Tecnologia #MetodolodiasAgeis #GestãoEficaz #CasesDeSucesso #CrowSourcing #CriaçãoDeLogomarca #CrieSuaEmpresa #Tendências #Dicas #Sugestões

12 visualizações0 comentário